Arquivos Mensais

março 2015

Receitas

Couscous Especial

31 de março de 2015
Cuzcuz_destaque

Como já falei em post anterior, estou sempre em busca de receitas práticas para os dias de semana, pois não tenho muitooo tempo para preparações.

Acabo sempre fazendo uma proteína e um acompanhamento, que 60% do tempo acaba sendo algum tipo de arroz (eu amooo arroz, e falarei sobre isso em breve!). Por este motivo, tenho procurado outras opções.

Minha mãe faz com frequência Couscous Marroquino, e resolvi usar esta ideia, com um toque a mais.

O Couscous (Ou Cuscuz?) nada mais é do que sêmola de trigo (como se eu soubesse o que é sêmola. rs!), e é um grãozinho amarelo, comprado em caixinha nos supermercados. É razoavelmente fácil de encontrar e não custa caro.

Para preparar, sigo a receita da caixinha:

  • Para cada 1 volume de couscous, você coloca 1.2 volumes de água quente. E leve em consideração que ele rende bastante!

  • Cozinhe por 5 minutos, até os grãos dilatarem.

  • Desligue o fogão, e deixe descansando por mais 5 minutos.

Se você quiser, pode somente acrescentar uma quantidade generosa de azeite e comer assim mesmo, pois já fica bem gostoso, caso queira algumas dicas, deixe o azeite para o final.

Porém, para incrementar, eu cozinhei duas cenouras (para 1 xícara de couscous), passei elas de leve no processador, quase virando uma pasta e acrescentei ao couscous. Além disso, coloquei 200g de milho (optei pelo congelado, pois não tem tanto conservantes quanto o enlatado, e é um pouco mais doce) para dar um pouco de textura para o prato. Enquanto voltei a cozinhar em fogo baixo, temperei com sal, pimenta moída e molho de pimenta – como todos os ingredientes são levemente adocicados, o contraponto com a pimenta mais fortinha é bem interessante.

Desligue o fogo, e acrescente uma quantidade generosa de azeite. E pronto! Uma ótimo acompanhamento, principalmente com carne vermelha.

Receita confusa, porém fácil e gostosa; é comigo mesmo! ;)

E não se esqueça que o couscous pode ser usado como base para várias outras receitas – por exemplo, a tradicional marroquina, leva frutos secos e é uma delícia!

Porém não me venha com Cuscuz Paulista, que eu odeioooo! rs!

Música

George Ezra

30 de março de 2015

Opa! Opa! Opa!

Problemas técnicos e pessoais me deixaram longe do blog semana passada, porém prometo que isso não acontecerá jamais. Ou tentarei. rs!

Agora é hora de contar sobre um artista que, possivelmente, é meu próximo favorito dos últimos tempos: Ele é inglês, é apenas uma criança de 21 anos, já abriu show de Ed Sheeran e seu disco de estréia – Wanted on Voyage – tem recebido ótimas críticas: bata palmas para George Ezra!

Com um vozeirão (que oras, em minha humilde opinião de quem não entende nada de música, lembra Johnny Cash) cheio de soul; suas músicas seguem o estilo de cante comigo, com um fundinho pop e folk, e letras bem interessantes. Ok. Sou uma péssima crítica musical, mas confie em mim; você precisa ouvi-lo!

E os clipes mega bacanas (o de Listen to the Man, com Ian Mckellen, é uma graçaaa!) também ajudam!

Aperto o play agoooora.

Beleza

Pretty in Pink (and Nudes)

18 de março de 2015
Post_nude2

Como estou correndo bastante, e eu mesma faço minhas unhas (e você pode perceber pelas fotos! rs!), tenho escolhido cores mais fáceis de passar. Nos últimos 2 meses tenho variado entre três tons que ficam entre o nude e o rosa clarinho, e como estou gostando bastante destas cores em especial (e das fórmulas também!), achei uma boa ideia mostrar para vocês.

Post_nude3

  • O primeiro é o Pretty Pink, linha Color Show da Maybelline. Ele é o mais escuro dos três, ficando bem entre um rosa pastel e um nude. Gosto de usar quando estou um pouco mais bronzeada – pena que minha cor do verão já partiu faz um tempinho!

  • Depois, temos o Astral da Risqué. Confesso que achava essa cor meio vovózinha, mas tenho achado tão chique ultimamente. É bem feminino, mas ainda básico, sabe?

  • E por último, o Bali, também da Risqué. É o que eu mais gosto dos três, e o mais próximo de ser “nude”. Achei o meu esmalte cor de pele perfeito!

Post_nude1

Vale dizer que amei a nova embalagem da Risqué…o novo pincel é ótimo! Ainda, os três duram bem nas minhas unhas – dá para passar a semana inteira sem retoques.

Alguma sugestão de esmalte para eu testar? Quero dicas!

Música

Riptide

18 de março de 2015

Mesmo com uma letra meio obscura e clipe mais estranho ainda, não consigo tirar esta música (mesmo já tendo um tempinho – ela é de 2013) do Vance Joy do repeat.

Também tem esta versão acústica que é quase melhor do que a original.

Decor

Casa Cheirosa Casa

16 de março de 2015
casa3

Uma coisa que estou meio obcecada desde que mudei para a nova casa é com cheirinhos/velas/sprays de ambiente e afins.

Adoro chegar em casa e sentir aquele aroma ambiente que faz você reconhecer que chegou no seu espacinho (oooohhhnmmm!). Ainda estou testando alguns aromatizadores, mas já encontrei dois produtos que valem a pena recomendar.

Um deles é um sachê, para colocar em lugares mais fechados. Tive um problema em um dos meus armários por causa de um vazamento, que o deixou com um cheiro meio esquisito no mesmo. E somente este envelopinho da Green Leaf que ajudou no problema. Ele é vendido na versão pequena (90ml) e na grande (115ml), e a primeira já funciona muitíssimo bem; só é preciso de um deles para cobrir uma porta de armário inteira (meu armário é de duas portas, na verdade, mas o interior é uma coisa só – deu para entender? rs!).

São várias opções de fragrância, mas tenho dois favoritos – o Raspberry Lemonade (mais forte e docinho) e o Heaven (mais limpo e suave). Não vou mentir, eles são meio carinhos considerando que você irá precisar de alguns pela casa (R$ 14,00 o pequeno no Mundo do Enxoval), mas eles têm durado bastante – de 4 a 5 meses.

casa2

Outra coisa que me incomoda é casa cheirando a comida – principalmente quando cozinho carnes ou peixes; porém também achei uma solução para estas situações: a vela eliminadora de odores da Yankee Candle. Ela praticamente não tem fragrância nenhuma, é bem suave mesmo, mas ela neutraliza qualquer cheiro que estiver no ar. Ela já vive na pia da minha cozinha, e tenho usado bastante – e ela ainda não chegou nem na metade. Vale a compra! Encontrei na Camicado na época de liquidação por R$ 35, porém atualmente é possível encontrá-la no site por R$ 49,90.

casa1

Aliás, vocês sabem onde mais posso encontrar as velas da Yankee Candle aqui no Brasil? Tenho gostado bastante dos produtos deles!

E por último…alguma sugestão na sessão de aromatizadores? :)

Inspiração Moda

Eye of The Storm

13 de março de 2015
capa

Eu sei que ainda está fazendo bastante calor por aqui, mas sinto que aquele clima de verão já está começando a dizer adeus. Por isso, para não perder a inspiração, estou me apegando a estes momentos através de alguns editorias de moda.

Como por exemplo, este com a modelo Edita Vilkeviciute para o Sunday Telegraph (Edição de Março de 2015). Gosto tanto do visual simples e descomplicado; me dá vontade de ir para praia agora mesmo – menos o cavalo, meio que tenho medo deles! ;)

Clique nas fotos para vê-las em maior tamanho.

Mesmo sendo sempre quente neste lindo país, me conta…do que você mais sentir falta quando o verão acabar?

Beleza Sem Categoria

Favoritos – Produtos para Pele

12 de março de 2015
Post_FavoritosSkincare2

Oba! Tem coisa mais bacana do que falar de cosméticos? Talvez passar um dia na praia! Mas como isso não é possível no momento, hoje é dia de contar um pouco sobre meus produtos favoritos do mês – Edição Produtos pra Pele.

A seleção é enxuta, mas tenho usado eles todos os dias. Vamos lá:

  • Manteiga Corporal The Body ShopKarité: Comprei este creme pensando nos dias mais frios (pois eu realmente sofro com mudanças bruscas de temperatura – tenho a pele meio sensível a isso), mas não resisti e estou usando todos os dias antes de dormir. Hidrata muitooo, a textura é uma delícia e o cheio é coisa de outro mundo. Não sei se eu cismei, mas to apaixonada pelo aroma (?) dele. Tanto é que comprei a versão em perfume! Não é nada enjoativo; é meio docinho e aconchegante.

  • Óleo Multifuncional The Body ShopKarité: Falando nisso…não resisti e comprei a versão em óleo. Pode ser usado no corpo e rosto (tanto na pele úmida quanto seca), e nos cabelos (Secos. E levem a sério isso, pois nele ainda molhado fica meio grudento). Gosto de usar durante o banho quando estou com preguiça. Também hidrata muito bem (não tanto quanto a manteiga corporal) e a pele fica mega macia depois de seca. E vale dizer que o cheirinho se mantém durante bastante tempo!

  • Dramatically Diferent Moisturizing Gel CliniqueVersão para peles mistas/oleosas: Já falei dele antes e vale lembrar. Já estou no meu 3º potinho e acho que é um dos melhores hidratantes para pele mista/oleosa, especialmente nesta época de calor. Não pesa, não forma nenhum tipo de filme depois de aplicado e deixa a pele bem sedosa. Não tem mais muito que falar; vale o teste!

  • Água Thermal Aromática WNFMenta: Tenho um pequeno vício em água termal, bem pequeno. risos! Então sempre testo o que me aparece pela frente. Encontrei esta opção em uma loja de produtos naturais, e achei interessante o fato dela ser hipoalergênica e ter aroma de menta. Por este motivo, ela é mais refrescante do que outras versões do mercado, além de dar um viço bom no rosto. Uso antes do hidratante, e durante o dia, quando acho necessário. Diz que também pode ser usado nos cabelos, mas não vi muita diferença. Ah! E o preço também é legal – paguei em torno de 27 reais.

E vocês? Já testaram algum deste produtos? Quais seus favoritos dos últimos tempos?

Post_FavoritosSkincare

Inspiração

Don’t be into trends.

11 de março de 2015

Não se prenda em tendências. Não seja um escravo da moda; você decide quem você é, o que você quer expressar pela maneira que você se veste e pela maneira que você vive.

- Gianni Versace

Don’t be into trends. Don’t make fashion own you, but you decide what you are, what you want to express by the way you dress and the way to live.

Inspiração

As adoráveis ilustrações de Liz Climo

11 de março de 2015
lizclimo5

Essa é para tirar um sorriso deste rostinho lindo seu!

Já devo ter comentado que sou meio viciada em 9Gag, não? Pois então…sempre vi por lá algumas tirinhas bem engraçadinhas, com animais em situações inesperadas e absurdas. Quando fui ver, já tinha salvo em meu celular uma quantidade meio embaraçosa destas tirinhas, então achei que valia a pena dividir com vocês.

O traço da ilustradora é adorável, e os diálogos são de um humor quase inocente – e dá para entender um pouco do estilo de Liz Climo ao saber que ela trabalha criando para a série Os Simpsons.

Dá para ficar horas e horas em seu tumblr – e eu recomendo, principalmente em um dia que você está meio para baixo; você com certeza vai dar um risadinha. De qualquer forma, separei algumas favoritas para vocês!

lizclimo2

Por que você está vestido de árvore de Natal? – Para que as pessoas coloquem presentes ao meu redor! / Era para você se vestir de esqueleto! Cadê seus ossos? – Eu não tenho nenhum!

lizclimo4

Eu sei abrir espacate, quer ver? – Okay! Wow! / Você deixou seus óculos aqui em casa. – Você tem certeza que são meus? – Sim! Muita certeza.

lizclimo3

Eu vejo uma grande mancha verde em seu futuro. – É só o seu reflexo! / Eu odeio Halloween, nenhuma fantasia me serve! – Nós vamos pensar em algo. – Você é um gênio! – Eu sei!

Não é muita doçura? ;)

Receitas

Receita – Molho Vermelho Especial

9 de março de 2015
Post_Molho2

Com este ano maluco que estou passando, resolvi que deveria melhorar outro ponto da minha vida – a alimentação. Não que eu comesse muito mal, mas achei que estava precisando colocar mais frutas e verduras no meu dia-a-dia. Juntando isso com o fato de que agora cozinho todos os dias (eu estava bem mal-acostumada, confesso!), e chego tarde em casa; tenho adaptado algumas receitas para minha rotina.

Por exemplo: molho de tomate! Sei que aquele prontinho até pode ser gostoso, mas tem sódio e conservantes demais. Por isso, cheguei em um meio termo. Ainda não tenho tempo de fazer do zero, com o tomate fresco, porém uso o tomate puro, já sem pele, de latinha – não é o ideal, mas eu consigo controlar a quantidade de sal e gordura do molho. Bom, estou falando demais e está ficando confuso…vamos a receita! ;)

Post_Molho1

Ingredientes (rende aproximadamente 4 porções):

  • 2 latinhas de tomate sem pele (Já comprei de algumas marcas, mas costumo utilizar a da Casino, por ser mais fácil de encontrar)

  • 2 cenouras cozidas

  • 1 beterraba cozida

  • 1 xícara de água do cozimento dos legumes

  • 1/2 dente de Alho e 1/2 Cebola

  • Sal

  • Menjericão Fresco

  • Tomilho Fresco

  • Pimenta moída na hora (pode ser a de sua preferência – eu utilizo aqueles mix prontos)

  • Azeite de Oliva

Vamos lá!

Primeiro, refogo o alho e a cebola, costumo colocar pouco pois não gosto do sabor forte do alho. Depois acrescento os tomates – existe a versão com o tomate inteiro e outra em pedaços – caso eu compre a primeira opção, bato de leve no liquidificador para deixar em pedaços, já na segunda opção, uso direto da latinha mesmo. Além disso, também coloco +/- 1 xícara da água em que os legumes cozinharam. Deixo cozinhar uns 10 minutos, e acrescento as cenouras e beterrabas cozidas e amassadas (gosto de deixar em pedaços pois fica um molho bem rico). Escolhi colocar cenouras pois ela quebra um pouco a acidez do tomate, e as beterrabas deixam o molho com uma cor bem mais bonita; além dos dois trazerem mais nutrientes para a receita. Menina esperta, não? rs! E prometo que nenhum dos dois deixam um sabor muito marcante, o tomate ainda é o ingrediente principal.
Aí…tempero com sal, manjericão, tomilho e pimenta a gosto e deixo cozinhar em fogo médio mais uns 15 minutos . De tempinho em tempinho, vou mexendo um pouco para quebrar um pouco os pedaços dos vegetais, mas o resultado final é um molho mais grosso mesmo. E pronto! Só finalizo com um fio de azeite.

No dia em que tirei as fotos, o molho foi servido com macarrão estilo penne integral e queijo parmesão (do bom! Como diria minha avó…rs!) e como sobrou um pouco no dia seguinte, e ao invés de congelar (e você pode!) usei como base para uma bruschetta que ficou bem da boa – desculpe a modéstia. ;)


E é  este tipo de receita que quero mostrar por aqui – fáceis, rápidas e mais saudáveis (digo mais, pois confesso que tento achar um meio termo entre estes pontos – e não pode deixar de ser gostoso!). E quero deixar claro que não sou nenhuma especialista; se houver algum chef ou cozinheiro de mão cheia por aí, pode me dar bronca ou dicas, viu? Vou adorar!

Post_Molho3

Música

We can take the long way

5 de março de 2015

Gosto de vários tipos de música, de verdade mesmo. Mas se fosse resumir tudo que eu gosto em uma só categoria, seriam músicas que posso cantar bem alto e que me façam bem (adoro refrões marcantes – vocês precisam me ver cantando “When I was your man“, Bruno Mars ficaria orgulhoso), portanto, o gracinha Jason Mraz no topo da minha lista.

Adoro – muito! – todos seus discos, e este último YES! em especial está demais. Cheio de letras lindas e melodias tão gostosas que dá para ouvir no repeat tranquilamente. Ele foi lançado faz bastante tempo já, no meio do ano passado, mas resolvi postar o curta feito para este acontecimento – onde é contada uma história de amor ao som de 3 músicas do disco – para lembrar que ele fará show no Brasil em breve – yeees!!!!

Estou bem ansiosa, pois já fui em outros shows dele e são sempre bem divertidos. E desta vez, será acústico. Huuum!

Levanta a mão quem vai! \o/

Alguém reparou no sapato dele no minuto 7:00? Tem no 37? 
Moda

Bolsas – Adô Atelier

4 de março de 2015
Post_Bolsa4

Todas revistas/blogs de moda sempre falam dos básicos - e que eles são essenciais para o guarda-roupa de alguém.

Super concordo. Ainda mais que agora sou uma mulher casada e super séria, estou tentando dar uma amenizada nas estampas berrantes e cores difíceis de combinar (Se você considerar alguém com mechas lilás no cabelo alguém sério…). Por isso, estava a procura de uma bolsa preta, sem muitos detalhes.

Bolsa florida? Tenho! Com estampa de insetos? Claro! Cheia de tachas? Como não?! Mas encontrar um modelo básico estava bem difícil – e não era só isso, queria que fosse de couro e com um preço que eu não tivesse que desistir de almoçar por muitos meses.

Enfim, outro dia lembrei que havia lido sobre a mineira Adô Atelier no blog Chata de Galocha, e depois de milianos namorando a marca, resolvi dar uma chance e comprei o modelinho preto, que você vê nas fotos. Esta é a Mini Satchel (Infelizmente, a versão preta não está disponível no site), e depois de debater entre comprar a média ou a pequena, tive a feliz decisão de escolher a segunda, pois o tamanho é muito bom para o dia-a-dia e ainda dá para seguir para um jantar/baladinha com ela. Dá para ter uma ideia do tamanho em comparação com o celular: cabe o básico e não preciso dar uma de acumuladora levando milhares de coisas por aí.

Post_Bolsa3

Ela lembra bem o modelo clássico da Cambridge Satchel Company (minha próxima – se possível, da coleção do Snoopy), tem um bolsinho na parte interna e fecha com botões de imã (bem fortinhos mesmo!). Além disso, as alças são reguláveis.

Post_Bolsa2

E não resisti….no meio do mês passado acabei comprando a versão rosê - lindinha e chique demais.

Vale dizer que elas são super resistentes e fáceis de limpar. A preta chegou a pegar chuva no bloquinho do Sargento Pimenta e estava como nova no dia seguinte. ;) A intenção é que dure anos e anos, e acredito que as chances de isso acontecer é bem grande.

Por último, estava com algumas dúvidas com relação ao site, e o atendimento foi super rápido e atencioso. Além das bolsas chegarem em uma sacolinha de pano tecido bem fofa.

Super recomendo!

O produto indicado no post foi comprado por mim, ok? ;)